Primeiro emprego: pode ser um trabalho temporário?

Primeiro emprego: pode ser um trabalho temporário?

Compartilhar

 

Há muitas formas de se dar o primeiro passo no mercado de trabalho. É possível iniciar como estagiário, como jovem aprendiz e até mesmo como voluntário. Porém, existe ainda uma outra forma muito pouco explorada no mercado e que por isso mesmo se torna muito interessante. É o trabalho temporário.

 

O trabalho temporário existe no Brasil desde 1974 e é regulamentado pela Lei 6.019. Essa modalidade foi criada para suprir, principalmente, duas necessidades das empresas: acréscimo extraordinário de serviço e substituição de pessoal regular ou permanente. Isso acontece, por exemplo, em datas comemorativas, como Páscoa, Dia das Crianças, Natal, em que varejistas têm uma demanda muito maior de trabalho e necessitam contratar mais profissionais para dar conta das demandas. Além disso, pode ocorrer quando determinado profissional precisa entrar em licença, ausentando-se momentaneamente das suas atividades na empresa.

 

O trabalho temporário tem apresentado crescimento expressivo no Brasil. A proporção de trabalhadores temporários dobrou desde os anos 2000, atingindo 20% de todos os empregados em 2017. Em 2022, segundo a Asserttem (Associação Brasileira do Trabalho Temporário), foram realizadas mais de 2,4 milhões de contratações temporárias para empresas dos mais diversos segmentos. Essa tendência é atribuível a uma série de fatores, como as vantagens de uma contratação mais flexível, uma abordagem mais simplificada e ágil em relação à contratação CLT, a contratação ser simples e rápida, além de contar com uma agência especializada responsável por intermediar o processo de contratação e ser uma boa oportunidade para conhecer novos talentos, sendo que o trabalhador pode ser efetivado pela empresa a qualquer momento.

 

Por essas razões, o trabalho temporário é uma excelente oportunidade para quem está em situação de primeiro emprego. Essa modalidade de contratação se apresenta como uma chance para o profissional demonstrar a sua dedicação ao trabalho – mesmo que ainda não tenha muita experiência –, além de ser uma ótima ocasião para aprender, seja uma função específica, seja como se relacionar com colegas de trabalho em um ambiente profissional. É preciso ter em mente que o primeiro emprego é uma situação especial. O profissional pode já ter determinada experiência. Nesse caso, o trabalho temporário pode ser uma estratégia para se buscar a efetivação – apesar de que existem profissionais que literalmente fazem carreira como temporários, atendendo diferentes empresas em específicos momentos do ano. Quando o profissional ainda não tem experiência, o trabalho temporário surge como escola, em que se pode aprender muitas coisas além de se iniciar a construir uma valiosa rede de relacionamentos profissionais. 

 

Sendo assim, a resposta para a pergunta do título deste artigo certamente é sim! Todos os dias, milhares de vagas temporárias estão disponíveis nas agências de emprego especializadas nessa modalidade de contratação, fazendo com que existam inúmeras oportunidades nas mais diversas áreas para que o primeiro emprego ocorra por meio do trabalho temporário. Seja para um jovem, seja para uma pessoa mais experiente, o trabalho temporário é sempre uma porta de entrada e precisa ser visto como uma chance para que tanto a empresa quanto o profissional possam se conhecer mutuamente e avaliar se possuem afinidade em termos de valores e práticas. Portanto, que tal fazer esse teste e começar sua carreira como um profissional temporário? Boa sorte!

 

Postagens Recentes

Checklist para a entrevista

Checklist para a entrevista

27 de fevereiro de 2024
Somos destaque!

Somos destaque!

01 de fevereiro de 2024
Feirão de Vagas Mancha Verde

Feirão de Vagas Mancha Verde

24 de janeiro de 2024