Como o trabalho temporário pode ajudar no setor de refeições coletivas

Como o trabalho temporário pode ajudar no setor de refeições coletivas

Compartilhar

O setor de refeições coletivas é expressivo no Brasil. Emprega cerca de 250 mil pessoas e entrega diariamente mais de 14 milhões de refeições a trabalhadores de diversos segmentos da economia, segundo dados da Aberc (Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas). Toda essa representatividade depende essencialmente de profissionais qualificados, que todos os dias transformam alimentos em refeições indispensáveis para manter o funcionamento de milhares de empresas.

 

Para esse setor, o trabalho temporário veio para ficar e oferece vantagens significativas. Segundo João Paleologe, diretor executivo da Aberc, o trabalho temporário flexibiliza as relações de trabalho e representa oportunidade. "Com o trabalho temporário, existe uma chance para profissionais e empresas se conhecerem. Assim, podem identificar melhor pontos de convergência para construir uma relação profissional mais funcional". 

 

O executivo aponta ainda que o setor sofre um grave problema, a rotatividade, e que, nesse aspecto, o trabalho temporário é mais adequado porque simplifica os processos administrativos. Ele também destaca que em situações como cobertura de férias o trabalhador temporário representa uma vantagem e que, além disso, a empresa tem a chance de ampliar sua rede de possíveis futuros colaboradores. 

 

“Nosso setor pratica a contratação de trabalhadores temporários e essa é uma modalidade que já se mostrou eficiente”, conclui.

 

Desde agosto de 2020, a Aberc mantém um convênio com a WE CAN BR, que oferece a seus associados desconto na contratação de trabalhadores temporários.

Postagens Recentes

Checklist para a entrevista

Checklist para a entrevista

27 de fevereiro de 2024
Somos destaque!

Somos destaque!

01 de fevereiro de 2024
Feirão de Vagas Mancha Verde

Feirão de Vagas Mancha Verde

24 de janeiro de 2024